Turista espacial japonês cede lugar a mulher

A primeira mulher a viajar ao espaço como turista será uma americana, a milionária de origem iraniana Anousha Ansari, anunciou a agência espacial russa, Roscosmos. "Em breve será tomada a decisão definitiva sobre a tripulação da Soyuz TMA-9. Provavelmente, Ansari viajará junto com os astronautas", acrescenta a agência, citada pelo serviço noticioso Interfax. A Soyuz deve decolar em 14 de setembro, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS).Ansari substituirá o japonês Daisuke Enomoto, que deve ser vetado para o vôo por questões de saúde. Nos últimos meses, a americana e o japonês vinham se submetendo a um rigoroso programa de treinamento no centro Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas, a 30 km de Moscou. A milionária pagará pela aventura US$ 21,6 milhões, US$ 1,6 milhão a mais que os turistas espaciais anteriores, por conta da inflação.Os outros tripulantes da Soyuz serão o russo Mikhail Tiurin e o americano Michael López-Alegría, que integração da 14ª tripulação da estação espacial, ou ISS-14.Ansari, nascida em Teerã, emigrou para os estados Unidos em 1984, onde obteve vários títulos universitários em informática e eletrônica, além de fundar uma companhia de telecomunicações. Ela será a quarta pessoa a fazer turismo a bordo da ISS.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2006 | 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.