Turista morre ao cair de rapel no interior de São Paulo

Mulher tinha começado praticar o esporte radical há pouco tempo; polícia investiga se houve negligência

Simone Menocchi, de O Estado de S.Paulo,

07 de abril de 2008 | 20h24

Uma turista morreu ao cair de uma altura de 80 metros, no domingo, 6, em São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira, a 209 quilômetros de São Paulo. Aos 45 anos a analista de sistemas Chang Tzu Wei, que era da cidade de Cotia, praticava rapel na Pedra Ana Chata, no complexo turístico da Pedra do Baú, quando a corda do equipamento arrebentou.   O acidente aconteceu por volta das 14 horas do domingo. Chang havia começado o curso há pouco tempo e, segundo a polícia, estava sozinha quando o equipamento preso a seu corpo, arrebentou. Bombeiros e policiais encontraram o corpo no final do domingo.   A mulher estava acompanhada de um casal de amigos, que não foi localizado para comentar o assunto. O corpo da turista chegou ao IML de Pindamonhangaba por volta das 10 horas da manhã, sendo liberado em seguida para ser enterrado na cidade de Cotia.   "O que vamos apurar é se existe participação de terceiros. Se houve negligência ou imprudência. Num primeiro momento, não há indícios de outra pessoa envolvida, mas vamos apurar", disse o delegado do caso, Fernando Pato. A corda e os pertences da vítima também vão passar por perícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.