Turquia envia mais tropas e suporte aéreo para combater militantes curdos

A Turquia enviou mais tropas, aviões de reconhecimento e helicópteros à sua província de Agri, no oeste do país, neste sábado, depois que quatro soldados foram feridos durante um confronto com insurgentes curdos, que começou durante a noite, segundo o exército.

REUTERS

11 Abril 2015 | 10h22

Ancara e o PKK Partido dos Trabalhadores Curdos, que quer uma maior autonomia curda, fecharam um acordo de cessar-fogo há dois anos, mas o frágil processo de paz tem perdido força com a aproximação das eleições parlamentares na Turquia, em junho.

Ninguém do PKK estava disponível para comentar o assunto.

Os combates ainda estavam acontecendo em Diyadin, no distrito de Agri, perto da fronteira iraniana, disse o exército, no seu site.

"Terroristas com rifles abriram fogo contra nossas tropas, que imediatamente revidaram", informou. "Enviamos aviões de reconhecimento, helicópteros armados e mais soldados para a região e o confronto continua."

(Por Humeyra Pamuk)

Mais conteúdo sobre:
TURQUIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.