TV digital dará mais audiência a novelas e séries

Recurso de autoprogramação deve prejudicar telejornais; Ibope estuda como medir audiência

13 Agosto 2007 | 17h03

Assim que a TV digital chegar ao Brasil, em dezembro, os índices de audiência dos programas serão afetados de forma significativa. Um novo aparelho do Ibope deve levar em conta, além da emissora sintonizada, o sistema de autoprogramação (quando o telespectador escolhe o que assistir e em que hora assistir a determinado programa). As primeiras análises mostram que o público de telejornais deve cair, e o de novelas aumentar.   Veja também:  Conversor de TV digital custará mais de R$ 100, diz Kiçula  TV Digital terá recursos para pesquisa e desenvolvimento  Maioria dos consumidores querem unir TV e internet Está em fase de testes hoje no Ibope o aparelho DIB 6, que mede audiência em mídias digitais, como televisão, internet, celular e rádio. Ele substituirá o DIB 4, atualmente utilizado para aferir os pontos de cada programa.   Segundo uma pesquisa divulgada pela SKY em junho sobre os hábitos de usuários de DVR (gravador de vídeo digital), 41% dos assinantes preferem utilizar a autoprogramação e não acompanhar os programas na ordem que a emissora transmite. Como os telejornais ficam "velhos" mais rápido que séries ou novelas, é previsível que a audiência a programas jornalísticos caia.   A pesquisa leva em conta um nicho muito específico de usuários, mas a lógica é que o recurso de autoprogramação mude a forma de o telespectador lidar com a TV no Brasil.   "Por criar uma alternativa para o telespectador, a TV digital deve registrar aumentos e quedas de audiência. É natural", afirma a diretora comercial do Ibope Mídia, Dora Câmara.

Mais conteúdo sobre:
TV digital Ibope Televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.