UFSCar licenciará papel feito de plástico reciclado

INOVAÇÃO

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2010 | 00h00

Foi assinado ontem, em São Carlos (SP), o contrato de licenciamento do papel sintético ecológico (de plástico reciclado, inédito no mundo), uma tecnologia desenvolvida na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) por mais de dez anos. A Vitopel, empresa que investiu na pesquisa, comercializará o produto em escala industrial.

A patente do produto, chamado de Vitopaper, pertence à universidade e à empresa. A UFSCar receberá royalties da Vitopel. A professora do Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar, Sati Manrich, coordenadora do projeto, afirma que o produto substituirá o papel de celulose. O papel será usado principalmente pela indústria gráfica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.