Um é ferido e 52 são presos em briga de torcidas no Rio

Torcedores se enfrentam em partida de basquete do campeonato estadual disputada entre Vasco e Flamengo

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

17 de novembro de 2007 | 07h44

Uma briga entre vascaínos e flamenguistas, no final da tarde de sexta-feira, 16, na Praça Quinze, região central do Rio, terminou com um saldo de 52 pessoas encaminhadas à 6ª Delegacia de Polícia, de Cidade Nova, e outra, em estado grave, levada ao pronto-socorro do Hospital Souza Aguiar.Segundo a polícia, cerca de 500 torcedores se encontraram quando seguiam para uma partida do campeonato estadual de basquete entre clubes, realizada no Ginásio Caio Martins, em Niterói. O jogo terminou com a vitória dos vascaínos por 74 a 63.   Houve correria e pânico entre os pedestres. Os torcedores quebraram carros e lojas pelas ruas do centro. Um ônibus teve de ser usado pela PM para transportar os briguentos para a delegacia. A detenção dos torcedores ocorreu na esquina das avenidas Almirante Barroso e Presidente Antonio Carlos.   No local, Germano Soares de Souza, de 43 anos, que vestia a camisa do Flamengo, era cercado por dezenas de vascaínos quando a PM chegou e só não morreu porque homens do 13º Batalhão intervieram rapidamente.   Com afundamento de crânio, Germano segue internado no Souza Aguiar em estado grave. Agora a polícia vai tentar identificar os responsáveis pelas agressões ao torcedor flamenguista. Os acusados poderão ser indiciados por tentativa de homicídio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.