Um prato de mil receitas

A flexibilidade das receitas de yakisoba permite grande mobilidade de preparo, como nesse caso. Foto: Evan Sung/NYT   Yakissoba é um desses pratos com raiz em diversos países. Muito popular na China e no Japão, há milhares de maneiras de prepará-lo, muitas delas boas. Em comum, todas as receitas levam macarrão, vegetais e, geralmente, alguma proteína animal.   O prato é preparado numa frigideira e finalizado com um molho meio doce, feito rapidamente com os condimentos. A flexibilidade das receitas permite grande mobilidade de preparo.   O macarrão é a parte fácil. Contrariando o que se deduz do nome, o yakissoba não leva soba, mas um macarrão chamado chukamen, feito com farinha de trigo e ovos.   O chukamen parece com o ramen, o macarrão chinês de ovos. De cor amarela, é encontrado fresco ou seco. E você pode escolher aquele que prefere usar.   Veja também: Receita do yakisoba de porco e repolho Assista ao preparo do yakisoba de porco e repolho   Já o molho é um pouco mais manhoso. Há receitas que levam de maçã a mostarda - nenhuma delas me agrada. Prefiro prepará-lo com uma mistura de ketchup, shoyu, mirin, Tabasco e molho Worcestershire. Há quem insista que ketchup não cabe na culinária japonesa. É verdade, mas com o yakissoba é diferente.   Os outros ingredientes são livres. Acho carne de porco cortada bem fininha ideal, mas frango, carne de vaca, camarão, tofu, ou uma combinação deles todos, é perfeitamente aceitável.   Repolho picado cozinha depressa e confere ao prato uma crocância refrescante, que contrasta com o macarrão. Mas não há porque não usar broto de feijão, broto de bambu, ou qualquer outro vegetal de cozimento rápido e, além deles, cogumelos.    

Mark Bittman, do The New York Times,

04 Março 2010 | 10h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.