Um rebanho em cada esquina, e em expansão

O Santuário São Judas Tadeu pode ser até o maior, mas, na lista dos templos e igrejas registrados na Prefeitura, é apenas mais um nome em meio às 3.584 instituições religiosas em funcionamento na cidade. E o ritmo de crescimento é veloz: cria-se, em média, um local de oração a cada dois dias. Grande parte dos novos templos é evangélico, embora 7,5 milhões de paulistanos (68% do total) sejam católicos - 70%, mulheres com mais de 40 anos, 40% sem filhos e 16% moram sozinhos.

, O Estadao de S.Paulo

25 de janeiro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.