União usou só 13% para prevenir tragédias como a de SC

R$ 184,6 milhões foram empenhados na prevenção de desastres; R$ 2,4 mi foram para Santa Catarina

Da Redação, Agência Estado

28 Novembro 2008 | 08h27

O governo federal só executou até agora 13% do orçamento previsto para prevenção e preparação para desastres. Os dados estão no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi) acessados pela Agência Brasil e pelo site Contas Abertas. Os números mostram que do total de R$ 372,9 milhões destinados a prevenção e preparação para desastres foram empenhados R$ 184,6 milhões e executados quase R$ 49 milhões. Parte disso, R$ 2,4 milhões, foi para o Estado de Santa Catarina.  Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva IML divulga lista de vítimas identificadas SC pode ter mais chuva e deslizamentos Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Blog Ilha do sem Blumenau  Blog Desabrigados Itajaí  Blog Arca de Noé  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas       Em suma, o governo federal repassou, em 2008, R$ 2,4 milhões para serem usados em obras preventivas, como contenção de encostas e canalização de córregos, para o Estado, enquanto mais de R$ 7,4 milhões, por exemplo, foram encaminhados por meio do programa de "resposta aos desastres" - o triplo de recursos para remediar, e não prevenir. Isso sem considerar os mais de R$ 1 bilhão liberados anteontem por medida provisória.No ano passado, a distorção entre o orçamento nacional desses programas se repetiu. Somente R$ 53,5 milhões foram gastos de uma dotação autorizada de R$ 262,9 milhões com a prevenção (20% do total previsto). Já a resposta aos desastres levou ao desembolso de mais de R$ 347 milhões de uma verba autorizada de R$ 554,3 milhões (63%). Em resumo, o valor aplicado nas ações pós-chuvas foi seis vezes superior aos repasses para ações de Defesa Civil. Procurado ontem, o governo não se pronunciou.

Mais conteúdo sobre:
chuvasSanta Catarinagoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.