Unica prevê atraso no início da próxima safra de cana

O início da moagem da próxima safra de cana-de-açúcar no centro-sul do Brasil terá um atraso na comparação com a temporada anterior, com usinas se programando para começar as atividades mais tarde em 2012/13, informou a Unica, entidade que reúne as indústrias.

REUTERS

29 de fevereiro de 2012 | 15h34

Oficialmente, a moagem de cana na principal região produtora do Brasil começa em abril. Mas algumas unidades costumam iniciar o processamento ao final de março.

"Os levantamentos preliminares indicam que a safra 2012/2013 deve começar um pouco mais tarde", disse o diretor-técnico da União da Indústria de Cana-de-açúcar, Antônio de Pádua Rodrigues, segundo comunicado.

"Em 2012, o início da moagem deve ter, em média, 10 dias de atraso em relação à última safra", acrescentou o executivo, sem dar mais detalhes.

Alguns especialistas esperavam por um atraso no início da moagem após o tempo seco ter afetado o plantio no ano passado.

Questionada sobre o assunto, a Unica informou que "o motivo do começo da safra um pouco mais tarde do que o habitual é apenas o planejamento das empresas, de acordo com a cana que estão projetando colher - não há nenhum outro motivo, apenas esse, planejamento".

Em função do envelhecimento dos canaviais após um período de baixos investimentos, não se espera grande crescimento da moagem na temporada 2012/13.

Em abril de 2011, 67 por cento das unidades produtoras da região que responde por cerca de 90 por cento da produção de cana do Brasil já haviam iniciado o processamento, segundo a Unica.

Os mesmos problemas climáticos que deverão atrasar o início da moagem da próxima temporada afetaram a produção na safra que está sendo encerrada.

Até 16 de fevereiro, o centro-sul havia processado 494,2 milhões de toneladas de cana em 2011/12, queda de 11,25 por cento ante a 10/11, segundo a Unica.

A produção de açúcar no acumulado da safra 11/12 somou até meados deste mês 31,3 milhões de toneladas, recuo de 6,57 por cento ante a temporada 10/11

Já a produção de etanol do centro-sul em 11/12 atingiu 20,62 bilhões de litros, redução de 18,75 por cento ante a temporada passada.

A Unica informou que está finalizando o levantamento sobre o volume de cana disponível para processamento na safra 2012/2013 e deverá divulgar a nova projeção de produção no final de março.

(Por Roberto Samora)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCANAUNICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.