Unica vê possibilidade de safra de cana acima de 509 mi t

A moagem de cana na região centro-sul do Brasil pode superar a estimativa inicial feita pelas indústrias, em função da melhora na produtividade dos canaviais, avaliou nesta quinta-feira a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Reuters

09 de agosto de 2012 | 14h05

A produtividade registrada desde o início da safra até 1 de agosto deste ano alcançou 75,1 toneladas por hectare, ante 74,1 toneladas por hectare observadas em 2011, aumento de 1,35 por cento, segundo relatório da associação.

"Se essa tendência de aumento de produtividade for mantida nos próximos meses, é provável que a quantidade de cana disponível para moagem nesta safra fique acima dos 509 milhões de toneladas estimados em abril", disse na nota o presidente interino da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

Em seu relatório quinzenal sobre o andamento da safra, a Unica apontou uma colheita mais acelerada pelo tempo mais seco na segunda quinzena de julho e estimou que a moagem tenha atingido 216,8 milhões de toneladas até 1o de agosto, ainda 16,6 por cento abaixo do que foi moído até a mesma data na safra anterior.

Mas isso representa uma redução no atraso na comparação com levantamentos anteriores. No relatório sobre a moagem até meados de julho, o processamento de cana estava 22 por cento abaixo do registrado na mesma época de 2011, após o setor postergar o início das atividades e por chuvas excessivas principalmente em junho.

(Por Gustavo Bonato)

Mais conteúdo sobre:
COMMODSUNICAMOAGEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.