Antônio Scarpinetti/Ascom Unicamp
Antônio Scarpinetti/Ascom Unicamp

Unicamp investe R$ 20 milhões em projetos para os cursos de graduação

Com dinheiro em caixa, universidade planeja uma série de iniciativas para suas 66 carreiras; pacote inclui revitalização da infraestrutura dos câmpus, além da contratação de 50 docentes e criação de vários programas voltados para o mercado de trabalho

Mariana Mandelli, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2011 | 00h00

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) vai investir, neste ano, uma verba de cerca de R$ 20 milhões direcionada aos cursos de graduação, numa espécie de "pacote" de investimentos para essas carreiras. Os projetos são dirigidos principalmente para a infraestrutura dos câmpus da instituição, mas também darão suporte aos programas de caráter pedagógico.

O dinheiro foi reservado numa espécie de folga no orçamento que a universidade obteve após a crise econômica. "Há uma demanda pela valorização da graduação. É nossa prioridade. Com a economia mais aquecida, o ICMS aumenta e, consequentemente, a parcela que recebemos dele também", explica o pró-reitor de graduação, Marcelo Knobel. "Alguns gastos diminuem e podemos recuperar o tempo perdido", diz.

No mês passado, conforme informou o Estado, a Universidade de São Paulo (USP) também anunciou um pacote de medidas específicas para as graduações - com ênfase nas noturnas -, com ações nos prédios das unidades e nos currículos das carreiras.

No âmbito físico, a Unicamp pretende qualificar os ambientes de ensino, com a construção de novos prédios - como o Centro de Ensino de Línguas e um teatro-escola - e a reforma dos antigos, além da remodelagem da praça central do câmpus principal, em Campinas, e da aquisição de equipamentos, mobiliários e informática. A instituição tem mais dois câmpus: em Piracicaba e em Limeira. "No ano passado, lançamos um edital de R$ 4 milhões para as unidades que apresentassem projetos de infraestrutura. Agora o dinheiro está disponível", afirma Knobel.

Com as obras e o desenvolvimento de novos espaços, a Unicamp acredita que a instituição vai ganhar também em termos pedagógicos. Além da possível contratação de mais 50 docentes para a graduação, estão previstos programas como o "Professor Especialista Visitante", que trará profissionais consagrados no mercado de trabalho - não necessariamente formados na área - para lecionar por um semestre.

Valorização. Os incentivos para as graduações também esbarram na valorização dos docentes da própria Unicamp. O programa "Aulas Magistrais", por exemplo, vai indicar um professor especialista em sua área para fazer palestras para toda a graduação, de forma didática. Já o "Conversando sobre a Graduação" investirá em docentes da casa - e também de fora - para conversar com os alunos sobre a área escolhida.

Para o reitor da Unicamp, Fernando Costa, o programa de investimentos é ambicioso. "Temos de incentivar os docentes da graduação", afirma ele, que aposta na criação do Espaço de Apoio ao Ensino e Aprendizagem. "Será uma espécie de escritório de apoio à graduação, para dar suporte didático e tecnológico ao ensino", explica. "Todas as grandes universidades do mundo têm isso e também investem em internacionalização, como estamos fazendo."

Além disso, o reitor lembra que este é o primeiro ano do Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFis), que selecionou alunos de escolas públicas para estudar na Unicamp.

Dimensão

66

graduações compõem a Unicamp

17.000

alunos estão matriculados nelas

PRINCIPAIS AÇÕES

Novos prédios

Com a verba, a Unicamp pretende construir um teatro-escola e uma nova sede para seus cursos de idiomas

Reformas estruturais

Está prevista a revitalização das unidades e de espaços comuns, como a praça principal do câmpus de Campinas

Aquisição de equipamentos

A universidade pretende comprar mobiliários e aparelhos de informática

Programas pedagógicos

Contratação de docentes e de profissionais do mercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.