Universidade de Navarra terá novo reitor

A Universidade de Navarra, na Espanha, parceira do Curso Estado de Jornalismo, teve ontem nomeado seu novo reitor. O professor Alfonso Sánchez-Tabernero, da Faculdade de Comunicação, substitui Ángel Gómez-Montoro, da Faculdade de Direito, no cargo desde 2005.

O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2012 | 03h08

É a primeira vez que um ex-aluno da instituição chega à posição de reitor. Sua nomeação pelo grão-chanceler monsenhor Javier Echevarría coincide com o 60.º aniversário da Universidade de Navarra.

Sánchez-Tabernero era o vice-reitor de Relações Internacionais da universidade e antes, entre 2005 e 2007, foi o vice-reitor de Comunicação Institucional.

Sua posse se dará no dia 4 de setembro. Antes de assumir suas novas responsabilidades, o acadêmico expressou gratidão pela atuação de seu antecessor. "Creio ecoar o sentimento de todos no câmpus e agradeço a Ángel, de quem sempre nos sentimos muito próximos, por seu trabalho extraordinário durante esses anos", afirmou.

Sánchez-Tabernero lembrou vários projetos impulsionados por Gómez-Montoro, como a criação de novos centros de pesquisa, como os Institutos de Cultura e Sociedade e de Saúde Tropical, assim como do Museu de Arte. "Seus anos à frente da universidade constituem uma etapa de crescimento e renovação cujos efeitos positivos se notarão durante muitos anos", disse o futuro reitor.

Gómez-Montoro retribuiu também com agradecimentos, em especial "à sociedade e às instituições de Navarra e a tantas pessoas que me facilitaram o trabalho durante esses anos". Ele também disse estar "seguro de que o novo reitor, que conhece muito bem a universidade, encontrará em todos o mesmo apoio".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.