Universidades também adiam reinício das aulas no RS

As maiores universidades do Rio Grande do Sul seguiram a decisão da Secretaria Estadual da Educação e também adiaram o reinício das aulas para reduzir a velocidade de propagação da gripe A (H1N1) no Estado. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS), a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), a Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e a Universidade Regional da Campanha (Urcamp) anunciaram hoje que vão transferir o início das atividades do segundo semestre do dia 3 para o dia 17 de agosto.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

30 Julho 2009 | 20h28

A Universidade de Passo Fundo já havia transferido o reinício das aulas do dia 27 de julho para 3 de agosto e manteve a nova data. Já a Universidade Federal de Santa Maria vai avaliar a situação no próximo dia 7, podendo manter o início do segundo semestre letivo para o dia 10 ou transferi-lo até mesmo para o dia 1º de setembro. A transferência do início das aulas do ensino público fundamental e médio estadual foi anunciada na quarta-feira pela Secretaria Estadual da Saúde. Cerca de 1,2 milhão de alunos de 2,6 mil escolas estaduais ficarão mais duas semanas em casa e voltam às aulas no dia 17 de agosto.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Brasil RS universidades escolas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.