Universitária é assassinada durante assalto em Salvador

A estudante de biologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) Natália Penhalosa Duarte, de 19 anos, foi morta com um tiro na cabeça na tarde de ontem, durante um assalto realizado na Praia de Stella Maris, em Salvador. A universitária estava na cidade participando do 29º Congresso Brasileiro de Zoologia, que ocorre desde segunda-feira no Centro de Convenções da Bahia.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

07 Março 2012 | 18h27

De acordo com testemunhas, Natália passeava pela praia, com o namorado, quando foi abordada por dois assaltantes, um deles armado, que aparentavam ter entre 16 e 18 anos. Os criminosos pediram a câmera fotográfica da estudante e teriam se assustado quando ela se movimentou para mexer na bolsa. Eles fugiram levando, além da câmera, dois celulares. Ela chegou a ser levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu ao ferimento.

Com base nos testemunhos, a Secretaria de Segurança Pública divulgou os retratos falados dos suspeitos. Agentes da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), que investiga o caso, analisam vídeos obtidos por câmeras de segurança de condomínios da região tentando identificar os criminosos. O corpo de Natália foi transladado, na tarde de hoje, para Manaus, onde será sepultado. As aulas do curso de biologia da Ufam foram suspensas hoje.

Mais conteúdo sobre:
morte universitária Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.