Universitária e suspeito morrem durante tiroteio em SP

Grupo de amigos, que incluía policiais, saia de festa numa república quando foram abordados por dois homens

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

01 Dezembro 2008 | 17h27

Um estudante de biologia de 23 anos e um suspeito de 19 morreram na madrugada desta segunda-feira, 1º, após um tiroteio entre policiais militares e supostos criminosos, durante uma tentativa de assalto a uma república na Rua Manoel Jacinto, na Vila Sônia, zona sul de São Paulo. Um aspirante a policial de 26 anos também foi atingido pelos disparos, mas não corre risco de morte.   De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, por volta da 1 hora, após uma festa na república, cinco amigos e quatro policiais militares resolveram dar uma volta pela cidade. Quando saíam de casa, foram abordados por dois homens.   Durante o assalto, um dos criminosos teria atirado e, no revide, um dos policiais teria acertado o bandido, que mesmo ferido conseguiu atingir o estudante, que foi socorrido e encaminhado ao Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos. O aspirante que também foi ferido foi levado ao mesmo hospital, onde ficou em observação.   O suspeito foi baleado no peito e no ombro. Ele foi encaminhado ao pronto-socorro Bandeirantes, onde morreu. Ele tinha várias passagens pela polícia por roubo. A dupla conseguiu roubar celulares, carteiras, documento, cartões bancários e cheques. Parte dos objetos roubados foram recuperados com o suspeito que morreu. A arma do policial foi apreendida. O caso foi registrado no 34.º Distrito Policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.