Universitária fica refém por 1 hora em porta-malas

Uma estudante universitária de 24 anos foi mantida refém, na noite de terça-feira, por cerca de uma hora no porta-malas do próprio carro, após ser dominada por três bandidos, dois deles adolescentes, ao sair do câmpus da Universidade Cruzeiro do Sul, na região de São Miguel Paulista, zona leste da capital paulista.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

08 de agosto de 2012 | 08h29

A vítima, que cursa Recursos Humanos, foi rendida inicialmente por dois rapazes, que tentaram sacar dinheiro da jovem, mas não conseguiram porque ela não estava com o cartão no qual há chaves (números) de segurança que permitem acesso a transações. Os bandidos seguiram então para uma padaria, mas o cartão de débito não passou. Um terceiro suspeito apareceu e entrou no carro, um Ford Fiesta, com a vítima ainda no porta-malas. O trio então continuou em busca de caixas eletrônicos.

Em patrulhamento, policiais militares abordaram o carro na Rua Guarataí. O bandido ao volante ainda acelerou por alguns metros, mas acabou parando e todos se entregaram. Um dos criminosos tem 29 anos, os outros dois, 16 e 17 anos. A estudante saiu ilesa segundo informou o sargento Hugo Leonardo dos Santos Cesar. O caso foi registrado no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciasequestro relâmpagoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.