UPP sofre ataque após menina ser baleada no Rio

Uma menina de 7 anos foi atingida de raspão no ombro por uma bala perdida durante um confronto entre policiais e traficantes, por volta das 18h deste domingo, 23, em Lins de Vasconcelos, na zona norte do Rio. Esse episódio deu início a um protesto de moradores, que incendiaram um contêiner da base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, além de três ônibus e um carro particular. De acordo com a polícia, a menina estava dentro de casa, no Morro do Gambá, quando foi atingida. Levada ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier (zona norte), ela foi atendida e recebeu alta por volta das 20h do Domingo. Por conta dos confrontos e dos protestos, a tensão no bairro continua. Diretores de duas escolas e uma creche decidiram manter as unidades fechadas nesta segunda-feira, 24. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, 1.065 alunos estão sem aulas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.