Urso polar de Berlim Knut começa ´carreira solo´

Um filhote de urso polar e seu criador vão abandonar as duas aparições diárias que os transformaram em celebridades internacionais. As aparições matinais e vespertinas do urso Knut serão canceladas, agora que, com sete meses, ele atingiu os 50 kg, o que pode ser perigoso. O criador do urso, Thomas Doerflein, dorme no mesmo aposento de Knut desde o seu nascimento e alimenta-o com mamadeiras durante a noite, desde que sua mãe o rejeitou. Nas duas aparições diárias que atraíram mais de um milhão de visitantes, Doerflein rolava no chão com o urso e permitia que o animal mordesse seus dedos de brincadeira. Mas Knut, que pesava 800 gramas ao nascer, transformou-se em um predador que, embora gracioso, é poderoso e representa uma séria ameaça para Doerflein. Kloes, o diretor do zoológico, disse que o urso polar continuará habitando um pequeno recanto rochoso, agora sozinho.

Reuters

08 Julho 2007 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.