USDA ainda vê safra de soja do Brasil maior que a dos EUA

A projeção do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) para a safra brasileira de soja na temporada 2012/13 ficou estável em 81 milhões de toneladas ante novembro, em estimativa que ainda aponta uma colheita superior à norte-americana, segundo relatório desta terça-feira.

Reuters

11 Dezembro 2012 | 12h37

O USDA estimou a safra norte-americana de soja em 2,971 bilhões de bushels (80,86 milhões de toneladas), também estável ante o número de novembro.

Na atual temporada, o Brasil tem a chance de superar os EUA como o maior produtor pela primeira vez. Os brasileiros, se for confirmada a previsão, produziriam um recorde, enquanto os norte-americanos sofreram os efeitos da pior seca em mais de meio século.

O plantio da soja do Brasil, contudo, ainda está perto de ser concluído, o que deixa a safra brasileira ainda vulnerável aos efeitos das condições climáticas ao longo do período de desenvolvimento na atual temporada.

A safra dos EUA 12/13, por outro lado, já foi colhida.

No ciclo 2011/12, o Brasil produziu 66,5 milhões de toneladas, segundo o relatório do USDA.

O USDA também manteve sua estimativa para as exportações brasileiras de soja em 2012/13, em 37,40 milhões de toneladas, ante o relatório de novembro.

O número supera as exportações brasileiras de 2011/12, quando foram embarcadas 36,32 milhões de toneladas, de acordo com o USDA.

(Por Fabíola Gomes)

Mais conteúdo sobre:
COMMODS SOJA BRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.