USDA estima safra de soja do Brasil em 89 mi t; EUA mantêm liderança

Os Estados Unidos deverão manter a liderança da produção mundial de soja na temporada 2013/14, enquanto o Brasil --onde a colheita está apenas começando-- se aproxima cada vez mais da primeira posição, mostraram dados do Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) nesta sexta-feira.

Reuters

10 de janeiro de 2014 | 16h15

A estimativa de safra dos EUA foi elevada para 89,51 milhões de toneladas, aumento de 850 mil toneladas ante a projeção de dezembro, devido a um registro de melhores produtividades e de área colhida.

Ao mesmo tempo, o USDA elevou a projeção da colheita brasileira em 1 milhão de toneladas, para um recorde de 89 milhões.

Esta foi a estimativa final do USDA para a safra norte-americana, que foi colhida no segundo semestre do ano passado.

Já no Brasil a colheita 2013/14 está recém começando, e os números ainda não são definitivos.

"A alta deve-se a uma maior projeção de área, refletindo dados recentes de pesquisa do governo federal brasileiro", disse o USDA, em nota.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ligada ao Ministério da Agricultura, elevou na quinta-feira sua estimativa de área plantada no Brasil para 29,56 milhões de hectares, contra 29,45 milhões do relatório de dezembro.

A Conab estimou a safra brasileira em 90,33 milhões de toneladas.

MILHO

O USDA manteve a estimativa de dezembro para a safra total de milho no Brasil em 2013/14 de 70 milhões de toneladas.

Para a Argentina, o órgão do governo norte-americano manteve a projeção de 54,5 milhões de toneladas de soja, mas reduziu a safra de milho em 1 milhão de toneladas, para 25 milhões.

(Por Gustavo Bonato, em São Paulo)

Mais conteúdo sobre:
COMMODSSOJABRASILUSDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.