USP cria núcleo de pesquisas sobre mudança climática

Foi lançado ontem na USP o Núcleo de Apoio a Pesquisa em Mudanças Climáticas (Incline, na sigla em inglês). A iniciativa reúne 11 institutos da universidade que têm pesquisas na área e o objetivo de promover a troca de dados e resultados entre eles.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2012 | 03h02

O núcleo foi criado com verba de R$ 2 milhões concedidos por edital em 2011. O lançamento ocorreu no Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (IAG), com a presença de representantes das Faculdades de Saúde Pública, de Economia e Administração, de Engenharia (São Carlos), do Instituto Oceanográfico, do Instituto de Física, entre outros.

"Uns precisam dos outros, essa é a premissa. Nosso período de vida inicial é de cinco anos, mas a ideia é que depois vire um centro de referência e ofereça pós-graduação", afirma Tércio Ambrizzi, diretor do IAG.

"O que importa é estar aberto a outras metodologias", ressaltou Pedro Jacobi, do Programa de Pós Graduação em Ciência Ambiental da USP (Procam).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.