Vaccarezza confirma saída de liderança na Câmara

A presidente Dilma Rousseff destituiu o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) como líder do governo na Câmara, em meio à insatisfação generalizada entre aliados que já havia provocado a mudança na liderança governista no Senado. Ainda não há um nome para substituí-lo.

REUTERS

13 Março 2012 | 12h27

Vaccarezza confirmou sua saída nesta terça-feira, após conversa com Dilma nesta manhã. A saída dele do cargo já era dada como certa na véspera, conforme disseram fontes do governo à Reuters.

Segundo o deputado, Dilma argumentou o desejo de realizar um "rodízio" nos cargos de liderança. Vaccarezza pediu à ela que anuncie um novo nome ainda nesta terça-feira.

No Senado, Dilma já havia acertado a substituição de Romero Jucá (PMDB-RR) por Eduardo Braga (PMDB-AM), segundo informações divulgadas na véspera.

A tensão entre aliados governistas ficou explícita na semana passada, quando o Senado rejeitou a recondução de Bernardo Figueiredo à diretoria-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), numa derrota pessoal imposta à Dilma.

(Reportagem de Hugo Bachega)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA VACCA CONFIRMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.