Vacinação contra gripe tem Dia Nacional de Mobilização

Hoje, 65 mil postos de saúde de todo o País participam do Dia de Mobilização Nacional de Vacinação contra a Gripe. O objetivo é imunizar pelo menos 23,8 milhões de pessoas até 13 de maio, quando termina a campanha.

SUZANA INHESTA, Agência Estado

30 de abril de 2011 | 11h54

Este ano, a campanha vai imunizar também contra a influenza A (H1N1), a chamada gripe suína. Isso porque, de acordo com o ministério, a vacina tem como base os três vírus do tipo Influenza que mais circularam no hemisfério sul no ano anterior.

Segundo informações da Agência Brasil, idosos com idade superior a 60 anos, indígenas, gestantes, crianças entre seis meses e dois anos e profissionais de saúde, considerados grupos de maior risco de complicações, deverão receber a dose. A vacinação contra a gripe é feita em uma única dose para todos os grupos, com exceção das crianças. Menores de dois anos vão receber duas doses, aplicadas em um intervalo de 30 dias.

O Ministério da Saúde orienta a não receber a vacina quem tem alergia a ovo. Além disso, pessoas com deficiência na produção de anticorpos, por problemas genéticos, imunodeficiência ou terapia imunossupressora, devem consultar um médico antes de tomar a dose.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.