Vai-Vai traz carro abre-alas de 90 metros para desfile

Com 90 metros de comprimento, o carro abre-alas da Vai-Vai apresentou pequenos problemas para se manter alinhado, mas os integrantes conseguem conduzi-lo. A alegoria é dividida em quatro partes. Uma delas lembra a música Arrastão, primeiro sucesso de Elis, em 1965. Muitos integrantes da escola ajudam a empurrar o imenso carro.

EQUIPE AE, Estadão Conteúdo

15 Fevereiro 2015 | 05h45

Segundo o carnavalesco da Vai-Vai, André Marins, o abre-alas da escola, de 90 metros de comprimento, é o maior carro alegórico que já passou pelo Anhembi. "As gigantes estruturas de homens montados em cavalos mostram a cavalgada dos pampas, representando a vinda desse furacão chamado Elis do Rio Grande do Sul para o Brasil e para o mundo."

Com Maria Rita na comissão de frente, a Vai-Vai começou a apresentar seu desfile sobre Elis Regina às 5h07 com participação emocionante do público, que acena bandeiras e canta alto o samba. O ex jogador de futebol Cafu vem à frente da escola com a diretoria.

O segundo carro da Vai-Vai traz Luciana Melo e Jair Rodrigues, o Jairzinho, como destaques. O carro deles tem referências aos anos 60. E assim como a Império de Casa Verde, a Vai-Vai também traz uma ala formada somente por crianças.

A Comissão de frente mostra as diferentes fases de Elis Regina em 15 figurinos, com Maria Rita à frente. Para empurrar a Vai-Vai na avenida, o público do Anhembi recebeu, além de bandeiras, máscaras da cantora Elis Regina, homenageada pela agremiação do Bexiga.

Mais conteúdo sobre:
Carnaval Vai-Vai abre-alas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.