Vale descarta acelerar negociação de preço

O presidente da Vale, Roger Agnelli, disse ontem não ter pressa para voltar à mesa de negociação com as siderúrgicas. Mas, deixou claro que existe uma "tendência de alta" para 2010. "Temos contratos que valem até abril. Não tem porque acelerar a negociação." Ele lembrou que o mercado financeiro já trabalha com preços maiores para o minério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.