Vale manterá política de preços para minério de ferro

A Vale não vai alterar sua fórmula de preços para minério de ferro, afirmou o diretor de marketing global da mineradora, Pedro Gutemberg.

SILVIA ANTONIOLI, REUTERS

14 Junho 2011 | 13h10

A maior produtora mundial de minério de ferro, no entanto, está sugerindo uma nova fórmula de preços para pelotas, disse o executivo à Reuters em uma conferência em Genebra.

Atualmente, a pelota de minério de ferro é integralmente negociada entre clientes e produtores a cada trimestre.

"Estamos tentando convencer os clientes a aceitar que temos um preço de conteúdo de minério de ferro, como fazemos com multas, e depois temos um prêmio de conversão", afirmou Gutemberg.

"É um conceito dúbio e queremos separar (os dois componentes do preço)", acrescentou ele.

O executivo disse ainda que espera que a demanda por minério de ferro no Japão alcance 90 por cento dos níveis pré-crise no quarto trimestre.

"A demanda de minério de ferro no Japão estava em quase 90 por cento dos níveis pré-crise antes do terremoto (em março) e após a recuperação do desastre irá retornar a esse nível no quarto trimestre".

Segundo Gutemberg, a demanda na Europa foi retomada e está em cerca de 85 por cento dos níveis pré-crise global.

"Todos os mercados estão se recuperando bem da crise. Vemos a China muito forte.", completou.

Ele afirmou que a Vale, maior produtora mundial de minério de ferro, não estava preocupada com o impacto que teria o aperto monetário na China sobre a demanda de minério de ferro.

"Ele (aperto) é uma acomodação natural", disse o executivo.

A China importa cerca de 60 por cento do minério de ferro que necessita para produzir aço.

A Vale exportou cerca de 260 milhões de toneladas de minério no ano passado, sendo 130 milhões de toneladas para a China, contra um pico de 140 milhões de toneladas em 2009.

Mais conteúdo sobre:
MINERACAO VALE PRECOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.