Vândalos violam quase 50 túmulos em Araraquara-SP

Vândalos fizeram um verdadeiro arrastão em quase 50 sepulturas espalhadas em duas quadras do Cemitério São Bento, no centro de Araraquara, a 270 quilômetros de São Paulo, na madrugada de hoje. O segurança que ronda armado o local nada ouviu. Os estragos só foram descobertos pela manhã e deixaram os funcionários indignados ainda mais por ser Sexta-Feira Santa. Para o administrador do cemitério São Bento, Antonio Donizete Galeazi, tudo indica que o grupo tenha descido uma avenida do cemitério chutando o que encontrava pela frente. Eles miraram os túmulos maiores e deixaram de lado os mais simples. Estátuas foram tombadas e chegaram a ficar jogadas em meio ao mato; algumas amassaram vasos de bronze. O granito dos túmulos com mais de 15 centímetros foi quebrado.Uma estátua de Jesus Cristo que pesa mais de 120 quilos teve a mão decepada. "Eles ainda deixaram a mão para mostrar", relatou o administrador. Dezenas de vasos foram danificados durante a madrugada e flores ficaram espalhadas por muitos pontos do cemitério. Fotos deixadas pelas famílias em retratos de louça em homenagem a pessoas mortas também acabaram em pedaços. Em um dos túmulos, segundo Galeazi, os vândalos chutaram e tombaram parte da sepultura. "Nunca vi nada parecido aqui no cemitério." O prejuízo total está estimado em quase R$ 50 mil e, segundo Galeazi, deve ser coberto pelas próprias famílias lesadas. A Guarda Municipal registrou o caso na delegacia de plantão, mas a polícia ainda não começou a investigar o caso.

CLÁUDIO DIAS, Agencia Estado

21 de março de 2008 | 16h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.