Vários órgãos de Eloá já foram retirados pelos médicos

O coração e os pulmões da adolescente Eloá Cristina Pimentel da Silva, de 15 anos, cuja morte cerebral foi confirmada pela equipe médica no final da noite de sábado, no Centro Hospitalar Municipal de Santo André, foram retirados da paciente nesta madrugada. Por volta das 4h, o coração seguiu para o Hospital Beneficência Portuguesa, na zona sul da capital paulista. Meia hora depois, os médicos retiraram os pulmões, que foram levados para o Instituto do Coração.Como a família da adolescente autorizou a doação dos órgãos, serão retirados também os rins, o fígado, o pâncreas e, por último, as córneas. Às 4h55,o baço de Eloá também havia sido retirado e foi encaminhado ao Instituto Dante Pazzanese, no Ibirapuera, na zona sul. Lá, gânglios extraídos da adolescente serão utilizados para testes de compatibilidade, que definirão o receptor compatível com o pâncreas, que ainda não foi retirado da adolescente.Vinte minutos depois, os médicos retiraram as córneas, mas até as 5h45 não estava definido para que hospital elas seriam encaminhadas.

RICARDO VALOTA E DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

20 de outubro de 2008 | 06h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.