Vaticano proíbe nova fórmula para o batismo

Versão politicamente correta elimina as expressões masculinas da fórmula em inglês

REUTERS

29 Fevereiro 2008 | 18h36

O Vaticano determinou nasexta-feira que os batizados devem ser realizados com atradicional fórmula "Pai, Filho, Espírito Santo", e não comnovas fórmulas, que usam uma linguagem consideradanão-sexista. A determinação partiu de nota do departamento doutrinal daSanta Sé. As fórmulas alternativas são usadas por algunsprotestantes e raramente por católicos, sempre com umatentativa de evitar termos masculinos para se referir àTrindade. As duas fórmulas rejeitadas são: "Eu lhe batizo em nome doCriador, e do Redentor e do Santificador" ou "Eu lhe batizo emnome do Criador, do Libertador e do Sustentador". Especialmenteem inglês, esses termos não acarretam uma noção masculina dasfiguras da Trindade. O Vaticano disse que pessoas batizadas pela fórmulaheterodoxa devem se submeter a uma nova cerimônia.

Mais conteúdo sobre:
RELIGIAOVATICANOBATISMO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.