Vazamento de gás interdita anexo da Câmara no DF

Um vazamento de gás causou a interdição do Anexo III da Câmara dos Deputados, no Distrito Federal, por mais de quatro horas, durante o início da tarde desta quinta-feira. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a causa do vazamento não foi descoberta, mas o prédio já está liberado.

GHEISA LESSA, Agência Estado

17 Maio 2012 | 15h22

Por volta das 11h05, o Corpo de Bombeiros recebeu a denúncia de um possível vazamento de gás na Câmara dos Deputados. Segundo a assessoria de imprensa dos bombeiros, a vazão foi constatada em função do forte cheiro do gás, mas sua origem, ou de onde o gás teria vazado, não foi descoberta.

Os agentes dos bombeiros que realizaram uma varredura no prédio não identificaram qual foi o gás que ocupou o prédio. Para que os serviços voltem a funcionar no Anexo III da Câmara, máquinas realizam a dissipação do ar, diminuindo a quantidade do gás na região.

Mais conteúdo sobre:
vazamento gás Câmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.