Vegetal cru deve ser evitado na Alemanha, diz Anvisa

O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgaram hoje uma nota sobre o surto causado pela bactéria Escherichia coli (E.coli), ocorrido na Europa. Segundo o texto, até o momento não serão adotadas medidas restritivas pela Anvisa. Para os viajantes com destino à Alemanha, porém, o órgão recomenda que evitem consumir vegetais crus, em especial, pepino, tomate e alface, até que a origem do surto seja confirmada.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

03 Junho 2011 | 18h07

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Brasil não importa os três alimentos atualmente indicados como mais prováveis fontes da contaminação. A Anvisa esclareceu que os alimentos em conserva importados da Europa não estão comumente associados a surtos dessa natureza.

As autoridades brasileiras afirmaram que estão acompanhando as informações sobre o surto em tempo real.

Mais conteúdo sobre:
saúde E coli bactéria alimentos Anvisa Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.