MBL
MBL

Veículo do MBL é depredado na porta da sede

Grupo de cinco homens quebra vidro de carro e chuta porta de local

Valmar Hupsel Filho, O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2016 | 17h32

Cinco homens depredaram uma kombi estacionada na porta do escritório Movimento Brasil Livre, no bairro de Vila Mariana. Dentro do veículo havia material de campanha do vereador eleito, Fernando Holliday (DEM), um dos coordenadores nacionais do MBL. Um dos cinco golpeia a porta do local, danificando ligeiramente a fachada.

A ação durou cerca de dois minutos, entre 0h47 e 0h49 desta madrugada, conforme a gravação da câmera de segurança. Depois do ataque os agressores fugiram a pé. Veja o vídeo abaixo:

"Eles gritavam 'fascistas, fascistas'", disse o coordenador nacional do grupo, Kim Kataguiri. Ele e Holliday, que mora no local, estavam no galpão no momento do ataque. "Corremos para o fundo do escritório e chamamos a polícia, mas quando eles chegaram os agressores já tinham fugido", disse.

O grupo está em contato com vizinhos para colher mais imagens de câmeras de segurança, na tentativa de identificar os autores e para o registro do Boletim de Ocorrência que seriá feito ainda na tarde desta terça. Essa é a primeira vez que a fachada do grupo é alvo de ataque.

O Movimento Brasil Livre é um dos grupos organizadores das manifestações de rua pró-impeachment realizadas em 2015 e neste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.