Venda de PC no mundo continua em queda enquanto tecnologias móveis avançam

As vendas globais de computadores pessoais (PCs) no mundo caíram 10 por cento no ano passado para 314,6 milhões de unidades, à medida que as fabricantes não conseguiram impedir que os consumidores optassem por smartphones e tablets, segundo dados preliminares da empresa de pesquisa IDC.

Reuters

10 de janeiro de 2014 | 10h26

As vendas chegaram a 82,2 milhões de PCs no período de outubro a dezembro, 5,6 por cento a menos do que no mesmo período de 2012 e o sétimo trimestre consecutivo de queda.

"O mercado de PCs chegou novamente muito perto das expectativas, mas infelizmente não conseguiu alterar significativamente a trajetória de crescimento", disse Loren Loverde, um vice-presidente na IDC, no mais recente relatório de vendas globais de PCs divulgado nesta sexta-feira.

A chinesa Lenovo manteve sua liderança sobre a norte-americana Hewlett-Packard como a maior fabricante do mundo em vendas, com uma fatia de 17,1 por cento do mercado em 2013 ante os 16,6 por cento da HP.

A Dell foi a terceira maior fabricante de PCs em vendas no ano passado, com 12 por cento de participação de mercado.

(Por Paul Carsten)

Mais conteúdo sobre:
TECHPCVENDASIDC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.