Vendas de supermercados crescem 3,84% em janeiro

As vendas reais dos supermercados brasileiros subiram 3,84 por cento em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta terça-feira a associação que representa o setor no país, Abras.

REUTERS

28 de fevereiro de 2012 | 12h17

Em relação a dezembro, houve queda de 19,36 por cento nas vendas, já esperada pelo setor em decorrência das festas de final de ano. Dezembro é o mês mais forte em vendas para os supermercadistas.

Para este ano, a previsão é de que o faturamento do setor cresça entre 3,5 e 4 por cento, refletindo a combinação entre estabilidade de preços e acomodação da demanda.

A entidade apresentou também os dados da cesta AbrasMercado, composta por 35 produtos e calculada pela GfK, que em janeiro diminuiu 0,55 por cento sobre o mês anterior, para 316,88 reais. Na comparação anual, o valor da cesta subiu 4,25 por cento.

Os produtos com maiores altas de preço em janeiro sobre dezembro foram tomate (+9,97 por cento), cebola (+8,85 por cento) e feijão (+6,23 por cento). As maiores quedas foram leite em pó integral (-3,27 por cento), frango congelado (-2,62 por cento) e leite longa vida (-2,48 por cento).

(Por Vivian Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
CONSUMOABRASJANEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.