Vento derruba helicóptero usado em resgate no Rio

Um helicóptero Esquilo do Exército caiu hoje, por volta do meio-dia, quando se preparava para pousar no Campo do Coelho, em Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro. Além de três tripulantes, estavam no helicóptero o chefe da Cruz Vermelha em Teresópolis, Herculano Abraão, e o ouvidor da prefeitura de Teresópolis Ricardo Raposo. Todos passam bem. A queda foi provocada por uma rajada de vento na lateral da aeronave. O helicóptero trabalhava no resgate às vítimas das enchentes.

PAULO SAMPAIO E PEDRO DANTAS, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 15h08

De acordo com a Polícia Civil do Rio, 748 pessoas já morreram em decorrência das chuvas na região serrana do Estado. Em Teresópolis, o número de mortos atingiu a marca de 300 pessoas. Em Nova Friburgo já são 359. O número de corpos resgatados chegou a 63 em Itaipava (distrito de Petrópolis), 21 em Sumidouro, quatro em São José do Vale do Rio Preto e uma em Bom Jardim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.