Verissimo critica veto a livro com conto de Loyola

O escritor Luiz Fernando Verissimo classificou de absurda a decisão da Justiça de proibir a distribuição do livro Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século a alunos da rede pública paulista. A obra foi considerada inapropriada por conter textos de elevado conteúdo sexual, um deles de Ignácio de Loyola Brandão. "Ser ou não apropriado é subjetivo. Jovens dessa idade já sabem tudo sobre sexo. É um moralismo fora de época."

, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.