Verizon e Vodafone consideram opções sobre Verizon Wireless--mídia

A Verizon considerou diversas opções envolvendo sua relação com a Vodafone e o controle conjunto da Verizon Wireless, incluindo desde encerrar a joint venture no segmento de conexão sem fio com a companhia europeia até uma fusão completa com a Vodafone, noticiou a Bloomberg.

Reuters

05 de março de 2013 | 18h49

As operadoras de telefonia móvel norte-americana e britânica discutiram uma combinação total em dezembro, de acordo com a Bloomberg, que citou fontes próximas à situação.

As discussões entraram num impasse em relação a questões de liderança e localização de uma nova companhia, tornando uma aquisição ou venda parcial da participação da Vodafone na Verizon Wireless mais provável, disseram as fontes.

A Verizon detém uma fatia de 55 por cento na Verizon Wireless. A Vodafone controla o resto.

A Verizon quer controlar completamente a Verizon Wireless porque ela detém a divisão mais lucrativa, noticiou a Bloomberg, citando fontes.

A Vodafone embarcou num programa para vender ativos que não controla, com o objetivo de simplificar seu portfólio e reverter recursos para acionistas que acreditam que o preço da ação da companhia não reflete a soma de seus muitos ativos individuais.

A notícia disse que não há discussões formais de fusão em andamento e "deliberações sobre a venda da fatia da Vodafone na Verizon Wireless não progrediram a negociações significativas". As discussões sobre ambos provavelmente serão retomadas neste ano, de acordo com as fontes da Bloomberg.

(Por Jennifer Saba)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMVERIZONVODAFONEWIRELESS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.