Veta, Dilma espera reunir 1,5 mil manifestantes em SP

São Paulo, 19 - O último ato público na capital paulista da campanha #VetaTudoDilma ocorre amanhã, a partir das 10 horas, em frente ao Monumento às Bandeiras, na região do Parque do Ibirapuera. O movimento Veta, Dilma pede que a presidente Dilma Rousseff vete o Novo Código Florestal, aprovado na Câmara no dia 25 de abril. A presidente tem até o dia 25 de maio para emitir seu parecer.

AE, Agência Estado

19 Maio 2012 | 17h49

Os organizadores esperam cerca de 1.500 participantes, entre representantes de movimentos sociais, ONGs, estudantes e personalidades. O #VetaTudoDilma é organizado pela Fundação SOS Mata Atlântica e cerca de 100 outras instituições.

Os organizadores estão pedindo que os participantes vistam camisetas verdes, a cor-símbolo das florestas brasileiras. Em nota, a coordenadora da Rede de Águas da SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, disse que "o objetivo do ato é mostrar o descontentamento e a reprovação a esse texto que não acolheu a manifestação da sociedade, de lideranças e da comunidade científica."

Também em nota, o diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani, afirmou que já foram recolhidas 1,8 milhão de assinaturas digitais contra a sanção do novo código pela presidente. "É uma campanha nacional", assegurou.

Mais conteúdo sobre:
Dilma Código Florestal campanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.