Viagem ao Brasil de todas as cozinhas

Está chegando mais um Paladar - Cozinha do Brasil, o maior happening da gastronomia nacional. Por 3 dias, vamos arrancar de panelas, tachos, matas e galinheiros os mais profundos segredos da nossa colorida mesa

08 Julho 2010 | 15h40

Falta pouco menos de um mês para o começo do maior evento de gastronomia brasileira. Entre os dias 30 de julho e 1º de agosto, o Paladar - Cozinha do Brasil vai espiar (e provar) o conteúdo de panelas, tachos, fornos e fogões dos quatro cantos do País.

 

Chefs, produtores, pesquisadores e gourmets, do Brasil e estrangeiros, vão mostrar suas investigações gastronômicas, da exploração dos ingredientes ao domínio e investimento em técnicas modernas, em três dias de workshops, palestras e degustações no hotel Grand Hyatt São Paulo - veja a programação no fim da matéria.

 

Da "dissecação" do porco, da banana e da galinha à incursão pela culinária caiçara sulista, que carece de atenção, dada sua riqueza. Da produção inédita de um chocolate fino brasileiro ao curioso diálogo entre as tradições gastronômicas japonesa e paraense. Não ficam de fora a mesa em Minas Gerais, repleta de doces, queijos, cafés e caçarolas, nem a riqueza inesgotável do Norte brasileiro. Em mais uma edição, o Paladar - Cozinha do Brasil abre-se novamente para ampliar o vocabulário e as fronteiras da gastronomia.

 

É a chance de conhecermos frutas da Mata Atlântica, como a grumixama, o jaracatiá e a uvaia; de desvendarmos os segredos da maria-gondó (uma folha amarga cultivada nos arredores de Belo Horizonte); de nos aproximarmos do jiquiri, do esturaque e da alfavaca, entre tantos outros. No último ano, reinaram as formigas da d. Brazi. Qual será o ingrediente-estrela deste ano?

 

Vinho, café e cerveja também têm presença garantida em degustações e palestras com especialistas e produtores. Nelas, a excelência do produto nacional, as grandes safras e harmonizações - que tipo de café vai bem com queijo minas?

 

Além dos encontros ao longo do dia, o evento promove jantares temáticos reunindo um importante time de chefs e especialistas. Alex Atala, do D.O.M., e Rodrigo Oliveira, do Mocotó, fazem o primeiro. Thiago Castanho, do Remanso do Peixe (em Belém do Pará) e Shin Koike, do Aizomê, realizam outro jantar simultaneamente.

 

No sábado, as atenções estarão direcionadas àquele que promete ser um dos encontros mais inventivos: a dobradinha Simon Lau / Chandler Burr. O primeiro, descobridor dos sabores do Cerrado brasileiro e dono do Aquavit, em Brasília. O segundo, Chandler Burr, crítico de perfumes do The New York Times. Um jantar em que a percepção dos aromas irá surpreender.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Cozinha do Brasil Paladar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.