Vice-presidente do Salgueiro é baleado em Vila Isabel

O vice-presidente da escola de samba Salgueiro, Marcello da Cunha Freire, conhecido como Marcello Tijolo, foi baleado, na noite desta terça-feira, 14, em Vila Isabel, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, ele foi atingido por pelo menos três tiros disparados por homens que passaram de carro quando saía do escritório de Chiquinho da Mangueira, presidente da Mangueira e deputado estadual, de quem Tijolo é assessor parlamentar.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 00h21

Consciente, ele ainda conseguiu caminhar até a frente do restaurante Petisco da Vila, no Boulevard 28 de Setembro, onde caiu e foi socorrido. Tijolo foi levado ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio, e até as 23h desta terça-feira não havia informações sobre seu estado de saúde. A presidente da escola, Regina Celi, postou em redes sociais que Tijolo submeteu-se a uma cirurgia e não corre risco de morte.

Mais conteúdo sobre:
Riovice do Salgueirobaleado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.