Vídeo de Cicarelli volta a ser proibido

Durou só três dias a alegria dos internautas que queriam ver o vídeo da modelo Daniella Cicarelli e seu namorado Tato Malzoni na praia. Na última segunda-feira, o juiz Gustavo Santini Teodoro julgou improcedente a ação que o casal movia contra o YouTube, o iG e a Globo. Mas na quinta-feira, o TJ de São Paulo julgou recurso de Malzoni e voltou a proibir o vídeo.

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2007 | 06h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.