Vila australiana submersa há 50 anos reaparece devido à seca

Ruínas de cidade surgiram depois que lago de hidrelétrica secou; país vive sua pior seca em 100 anos

Giovana Vitola, BBC

30 de outubro de 2007 | 11h25

Uma cidade no sudeste da Austrália relocada há 50 anos antes de ser inundada reapareceu em meio à pior seca dos últimos 100 anos no país.   Submersa sob um lago artificial desde 1957, a cidadela de Adaminaby poderia ter sido esquecida debaixo das águas. Mas, com o longo período de seca que atinge essa parte do país, suas ruínas gradualmente voltaram a aparecer. A 150 quilômetros da capital, Canberra, no meio da região montanhosa de Snowy Mountains, há meio século Adaminaby era uma aldeia próspera e tinha crescido ao ritmo da exploração de uma mina de ouro e de cobre. No fim da Segunda Guerra Mundial, o país lançou um grande programa hidrelétrico, destinado a abastecer cidades ascendentes e assegurar a irrigação da zona agrícola. O projeto até então era considerado uma grande obra de engenharia civil, com as suas 16 barragens e túneis que ligavam sete centrais hidrelétricas. Mas, para os habitantes da aldeia, foi o fim de uma época. Escolhida para acolher uma das barragens, a cidade inteira foi submergida sob o lago Eucumbene. Os moradores então, foram obrigados a abandonar suas habitações para reconstruí-las em um local mais distante. Hoje, onde há pouco se situava o acesso ao lago, após seis anos de seca, lentamente as fundações da antiga cidade reapareceram. A boa notícia para os cerca de 400 moradores é que Adaminaby pode agora aproveitar o turismo gerado pelas ruínas. "Nunca recebi tantos turistas como nos últimos meses", disse Leigh Stewart, proprietário de uma galeria de fotografias e que também foi morador da Adaminaby antiga, que foi submersa.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.