Vinhogame

Comprar vinho na Mistral JK - será como participar de um videogame, basta tocar nas garrafas curinga e os dados sobre a bebida, produtor e região surgem nas paredes e até na mesa. Mas, calma, a loja ainda não abriu

PATRÍCIA FERRAZ, O Estado de S.Paulo

14 Junho 2012 | 03h10

A loja da Mistral no Shopping JK Iguatemi é uma espécie de videogame para enófilos. Você entra por um corredor de vidro com garrafas espetadas (um pupitre do século 21) e localiza o curinga. Toca nele e informações sobre aquela seção começam a surgir na parede de vidro. Novo Mundo, Pinot, Toscana, clássicos... Os vinhos da loja estão agrupados em sete temas.

Depois de dar uma olhada na seleção, você pega uma garrafa. O vendedor se aproxima, munido de um iPad com um sensor que lê o rótulo e traz todas as informações sobre o vinho. Você pode encerrar o vinhogame assim, indo direto ao caixa. Ou prosseguir com o jogo até chegar à mesa interativa que lê as garrafas apoiadas nela e vai projetando informações no tampo - sobre o produtor, a região, as uvas, harmonização, prêmios e classificações. Game over. Você leva a garrafa para casa - depois de pagar por ela, é claro.

O ambiente, que o Paladar visitou e mostra em primeira mão, foi projetado pelo SuperUber, um estúdio de arquitetura especializado em multimídia, em conjunto com o arquiteto Arthur de Mattos Casas. É moderno, mas discreto - todo o aparato tecnológico necessário para fazer a brincadeira funcionar, que inclui 25 computadores, está escondido por trás de lambris, paredes, armários e até debaixo dos degraus que levam à sala de degustação, no mezanino.

Como numa galeria, há apenas um exemplar de cada vinho em exposição - os outros ficam no estoque. A seleção inicial tem 1.000 rótulos, do total de 3.400 que fazem parte do portfólio da importadora. Os especiais ficam numa adega climatizada.

Essa é uma parte do novo empreendimento da Mistral JK, cujo volume de investimento é guardado a sete rolhas. A outra é um winebar que nem está pronto, mas já ganhou o apelido de estacionamento de maridos. Enquanto as mulheres se divertem em lojas como Tod's, Chanel, Gucci, entre outras grifes do novo shopping, os maridos esperam em sofás, combinando vinhos em taça (8 a 10 opções por dia) e pratos elaborados pela chef Paola Carosella.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.