Vinte corpos aparecem em canal de Aleppo, dizem ativistas sírios

Ativistas da oposição síria disseram que pelos menos 20 corpos de homens jovens mortos a tiros pelas forças de segurança foram encontrados neste domingo num canal que cruza a cidade de Aleppo.

Reuters

10 de março de 2013 | 18h26

Esse seria o maior número de corpos resgatados num só dia do que ficou conhecido como "o rio dos mártires", pois 65 corpos lá apareceram em janeiro.Desde então, corpos têm surgido no rio, disseram à Reuters ativistas de Aleppo.

Não houve comentário oficial do governo. A mídia estatal afirmou que os corpos encontrados em janeiro são de pessoas mortas pela Frente al-Nusra, ligada à al-Qaeda. As autoridades sírias proibiram a entrada de boa parte da mídia independente, o que torna difícil verificar relatos vindos do país.

(Reportagem por Khaled Yacoub Oweis)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIACORPOSRIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.