Viracopos continua fechado; não há previsão de liberação

O aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, continua fechado na noite deste domingo e ainda não há previsão para ser liberado. Os pousos e decolagens estão suspensos desde as 19h55 de sábado, quando um cargueiro apresentou problemas durante o pouso e ficou parado na pista.

SILVANA MAUTONE, Agência Estado

14 de outubro de 2012 | 20h34

A empresa responsável pela aeronave que causou a interdição do aeroporto é a americana Centurion Cargo. Segundo a Infraero, a previsão era de que a pista fosse liberada às 20 horas deste domingo, mas a Centuriun ainda não conseguiu realizar a remoção da aeronave e não tem previsão de quando isso será possível. De acordo com o diretor-geral da Centurion, Vanderlei Morelli, o cargueiro MD11, que vinha de Miami, teve problemas no trem de pouso. Ninguém ficou ferido no incidente.

Até as 20 horas deste domingo, 97 voos deveriam ter partido de Viracopos e 93 deles (97,9%) foram cancelados. A companhia aérea Azul é a maior prejudicada, já que é a empresa de aviação civil que mais utiliza o aeroporto. A Azul informou que, em razão do fechamento de Viracopos, cancelou 148 voos previstos neste domingo. Os clientes da Azul podem confirmam a situação do seu voo por meio do telefone 4003-1118, do site www.voeazul.com.br ou diretamente nas lojas da companhia aérea.

Mais conteúdo sobre:
Viracoposacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.