Virada Cultural em SP terá mais de 2,8 mil policiais

A 7º Edição da Virada Cultural de São Paulo, que acontece entre as 18 horas de hoje e as 18 horas de amanhã, contará com mais de 2.800 policiais civis e militares distribuídos em diversos pontos da cidade para garantir a segurança da população. Em sua última edição, a Virada Cultural reuniu cerca de quatro milhões de pessoas. O patrulhamento começará às 15h30 de hoje e tem previsão de término para a zero hora de segunda-feira.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 11h55

Na região central da cidade, os policiais militares ficarão em bases fixas, móveis e farão patrulhas a pé, em carros e motocicletas. Ao todo, 120 veículos estarão distribuídos no entorno e nos locais das apresentações. A Polícia Militar contará ainda com o helicóptero Águia 9 e o Olho de Águia, sistema de captura e transmissão de imagens de forma instantânea aos comandos, o que possibilita a visualização de possíveis ocorrências.

O efetivo de todas as delegacias da área da 1º Seccional, que compreende a região central, será reforçado. Além do efetivo normal, outros 72 policiais, entre delegados, investigadores e escrivães, estarão distribuídos entre o 1º Distrito Policial (Sé), o 2º DP (Bom Retiro), o 3º DP (Campos Elíseos), o 4º DP (Consolação) e o 77º DP (Santa Cecília), que funcionarão 24 horas. Na última edição da Virada Cultural, 672 pessoas foram abordadas por policiais. Dessas, três foram presas em flagrante. Além disso, 119 veículos foram fiscalizados e 86 condutores foram autuados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.