Vítima de ataque em Realengo passa por cirurgia

Jovem foi submetido a cirurgia no abdômen e está em observação

Priscila Trindade, do estadao.com.br,

16 de abril de 2011 | 19h41

Um dos quatro jovens que permanecem internados no Rio, vítima do massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste da cidade, foi submetido a uma cirurgia no abdômen na noite de sexta-feira, 15, e está em observação no Centro de Terapia Intensiva (CTI) pediátrico do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes.

 

Veja também:

video Assista a todos os vídeos deixados pelo atirador

mais imagens Mais fotos do atirador antes do massacre

linkPara vencer trauma, até mãe volta às aulas

linkPreso suspeito de vender arma para Wellington

especialPasso a passo do atirador dentro da escola

 

Segundo boletim divulgado neste sábado, 16, pela Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec), um estudante de 13 anos, que está na mesma unidade, tem o quadro de saúde considerado estável e está em observação permanente no CTI. Uma outra vítima, de 14 anos, foi transferida na sexta para a enfermaria do Hospital Estadual Alberto Torres, e aguarda alta médica. Um adolescente de 14, em estado regular, permanece no CTI do Hospital Estadual Albert Schweitzer.

Doze adolescentes morreram e outros 12 ficaram feridos, na manhã do último dia 7, após um ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira, Wellington Menezes de Oliveira, disparar contra os estudantes. Depois do ataque, ele se matou.

Mais conteúdo sobre:
Realengoatentadomassacre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.