Vítima de seqüestro é resgatada de cativeiro em SP

A diretora de escola Neide de Souza, de 64 anos, foi resgatada de um cativeiro em Itanhaém, na Baixada Santista, na noite de ontem depois de denúncia anônima pelo telefone 190. Ela havia sido seqüestrada em São Paulo no dia 27 de março, segundo informou a Polícia Militar do município. Ainda de acordo com a PM, os policiais perceberam que uma pessoa fugiu pelo matagal ao chegarem ao local onde a vítima era mantida. Localizada em uma favela no Jardim São Fernando, a casa possuía muros altos e era de difícil acesso. A vítima foi encontrada sentada em uma cama no quartos dos fundos da residência e disse aos policias que esse era o terceiro cativeiro por onde passava.

REJANE LIMA, Agencia Estado

18 de abril de 2008 | 12h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.