Vítimas de caminhão desgovernado são enterradas

Foram enterrados, hoje, os corpos das quatro vítimas do atropelamento causado por um caminhão desgovernado que invadiu uma festa infantil em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, na Bahia. As crianças, Paula Piedade Santos da Silva e Eric Kauan Santos, ambas de 7 anos, e o adolescente Carlos Alberto Neves da Silva, de 14, foram enterrados ainda pela manhã. O corpo de Lia Telma Alves Gomes Santana, de 49 anos, foi sepultado à tarde.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

16 de outubro de 2011 | 16h37

A prefeitura de Vera Cruz decretou luto oficial de três dias no município por causa do acidente. "Lamento profundamente o que aconteceu em Gameleira com crianças indefesas e com todas as famílias envolvidas", disse o prefeito Antônio Magno, por meio de nota divulgada pela prefeitura. "Nunca ocorreu nada parecido em nosso Município. Estamos, todos, comovidos com essa tragédia."

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, 11 pessoas continuam internadas por causa do acidente no Hospital Geral do Estado (HGE) e no Hospital do Subúrbio, ambos em Salvador. O caso mais grave é o de uma menina de 10 anos, que sofreu traumatismo craniano e hemorragia cerebral. Ela foi submetida a uma cirurgia, na noite de ontem, e está internada na Unidade de Terapia Intensiva do HGE.

Mais conteúdo sobre:
acidenteatropelamentoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.